Pela plataforma, brasilienses poderão encontrar diversos produtos com preço de atacado, que vão desde itens da cesta básica até brinquedos

Consumir produtos básicos nunca pesou tanto no bolso dos consumidores quanto atualmente, e as famílias brasilienses sabem muito bem o peso disso. Em média, os moradores da região desembolsaram 58,13% de seus salários para a compra de alimentos da cesta básica este ano, segundo pesquisa do Dieese. Nesse momento de crise é importante pensarmos em alternativas que aliviem os gastos fixos e, neste contexto, a Facily, primeira plataforma de social commerce da América Latina, faz sua estreia na região. 

O aplicativo permite a compra coletiva de produtos no varejo a preço de atacado. Pela plataforma, que já soma mais de 5 milhões de downloads, os consumidores encontram diversos itens, que vão desde produtos da cesta básica, bebidas, hortifruti, até eletrônicos e acessórios para celular, somados a mais de 10 categorias. “Nosso objetivo é proporcionar aos consumidores e marcas uma experiência única de compra e venda na nossa plataforma, onde todos saem ganhando”, afirma Luciano Freitas, cofundador e CMO da Facily.

O valor das mercadorias fica mais em conta porque, através do aplicativo, o usuário cria grupos de compra e compartilha com seus amigos, colegas e familiares. Nesse sentido, quanto mais pessoas participarem, menor será o preço que cada um irá pagar. Além disso, a empresa tem como propósito pagar melhor quem produz e vender mais barato para quem precisa, sendo peça chave na democratização do e-commerce, que muitas vezes tem altos valores de frete e ainda não chega a todas as regiões do país. 

“Aqui a ideia não é apenas proporcionar um espaço de compra e venda, como todos fazem, mas também pensar de que forma esses produtos são colocados à disposição do consumidor. Quando preferimos os itens com preços mais atrativos, estamos contribuindo diretamente para aqueles que o produzem e vendem para quem realmente precisa”, pontua o executivo.

Nesse processo de democratização do e-commerce, a economia local também é impulsionada, uma vez que a retirada dos produtos acontece nos próprios comércios de cada região, que podem aproveitar a oportunidade para vender outros itens disponíveis no estabelecimento. Em relação ao pagamento, a Facily não se limita apenas ao cartão de crédito, podendo ser feito ainda por transferência bancária, PIX, boleto e até mesmo em dinheiro, direto no ponto de retirada.

A Facily opera dentro de um mercado com grande potencial de crescimento, e que deve movimentar mais de US$ 474 bilhões em 2023 apenas na China.  O aplicativo já está disponível na Grande São Paulo e cidades do interior paulista, Belo Horizonte, Salvador, Rio de Janeiro, Recife e Porto Alegre, com planos de expansão para outras capitais. O aplicativo pode ser baixado no smartphone pelo sistema Android e iOS. 

Como usar a Facily
Para baixar o aplicativo, basta buscar por “Facily” em sua loja de aplicativos em seu smartphone na Apple Store ou Google Play. Após fazer o cadastro e escolher o produto que deseja comprar, basta convidar amigos e familiares para garantir os melhores descontos. Há também a possibilidade de entrar em grupos já existentes na hora de fechar a compra.

#VemPraFacily