Facily capta US$135 milhões em extensão de Série D e atinge status de unicórnio

A Facily, plataforma de social commerce líder na América Latina, acaba de receber US$ 135 milhões em investimentos em Série D-1, como uma extensão da rodada da Série D, de US$ 250 milhões anunciada em novembro deste ano. Com a captação, a empresa alcança a marca de US$ 1 bilhão de dólares de valoração, o que a posiciona como o primeiro unicórnio para uma plataforma de social commerce da América Latina. 

A rodada foi liderada pela Goodwater e Prosus, com a participação da Spruce House, Rise Capital, JS Capital, S7, Tru Arrow, Quona, Citius e Convivialité Ventures. A Facily teve um crescimento exponencial no último ano, sendo classificada como o aplicativo de comércio eletrônico de alimentos mundial com maior expansão de todos os tempos e uma das plataformas com ampliação mais rápida da história no Brasil, de acordo com a App Annie. O aporte vai reforçar os investimentos já realizados em logística e experiência do cliente, além de sustentar os planos da empresa de expansão em 2022. 

A Facily foi fundada por Diego Dzodan, Luciano Freitas e Vitor Zaninotto em 2018, com a missão de eliminar todas as barreiras do e-commerce tradicional e permitir que as famílias de baixa renda no Brasil tivessem acesso a produtos com os menores preços. Com isso, a startup cresceu rapidamente ao longo do último ano, alavancando seu modelo de compra em grupo de produtos leves e redes de logística, impulsionado por sua plataforma de tecnologia própria.

“A nossa missão está focada em fornecer aos nossos clientes produtos de alta qualidade com os preços mais baixos, alavancando a compra em grupo e de uma maneira muito eficiente”, disse Diego Dzodan, cofundador e CEO da Facily. “O apoio dos principais investidores na América Latina nos permitiu crescer exponencialmente em um curto período de tempo e o compromisso contínuo com nossa estratégia valida o enorme potencial de nosso modelo de negócios.”

De acordo com Dzodan, a Facily ainda está nos estágios iniciais de abordar a vasta oportunidade de mercado no Brasil. Cerca 85% da população brasileira gasta em média 65% da renda familiar com alimentação e, até o momento, foi praticamente excluída do comércio eletrônico tradicional. “A Facily permite que muito mais consumidores participem do comércio eletrônico – a maioria dos que nunca fizeram compras online antes porque os custos eram proibitivos”.